segunda-feira, 11 de julho de 2011

PEREQUÊ - 10/07/2011

Esse final de semana fizemos uma pescaria no Perequê, Guarujá. Esperava poder postar um relato bem bacana, recheado de boas capturas (agora é época das grandes corvinas), mas não foi o que aconteceu.
O mar estava calmo demais, sem pressão de maré e, por isso, os peixes não estavam ativos. Isso foi geral, todos os outros barcos que se comunicavam entre si via rádio reclamavam a falta de peixes (salvo raras exceções). Fazer o que, erramos o dia, simples assim.
Chegando: olha o entusiasmo!

O casal pescador!
A situação foi desanimadora a maior parte do dia, só à tarde as espadas começaram a aparecer. A Márcia pegou uma muito bonita, logo depois o Ricardo pegou outra, uma das maiores que já vi. 
A espada que peguei era tão pequena que nem tirei foto... um "canivetinho".

No finalzinho da tarde fisguei um um baiacu de bom tamanho, mas depois de tomar linha e brigar bastante, o danado escapou... virou história de pescador. Na volta, viemos corricando com artificiais e a Márcia (pra variar) pegou mais duas espadas (só tirei foto de uma).
E foi isso. Apesar das espadas bonitas, esperávamos mais. Mas é assim mesmo.... acertamos uns dias, erramos outros, o negócio é tentar!
Até a próxima.

Um comentário: