quarta-feira, 14 de março de 2012

GYOTAKU

Acho que é o tipo de coisa que todo pescador deve achar legal. Vi em um programa chamado “Mestres da Taxidermia”.

Trata-se de uma antiga técnica japonesa de gravura, em vez de tirar uma foto, eles passavam uma tinta à base de carvão no peixe e o enrolavam em papel de arroz, conservando a aparência e tamanho do exemplar.

Hoje essa técnica ainda sobrevive como uma forma de arte, pena que no Brasil quase ninguém conhece (muito menos pratica), porque o resultado é bem legal.

Quem sabe um dia desses eu me arrisco a fazer esse negócio, he, he, he.

Nenhum comentário:

Postar um comentário