domingo, 1 de março de 2015

PROJETO CAIAQUE - PARTE I

Antes de comprar o caiaque, resolvi ir atrás de um outro item muito importante nessa brincadeira: o rack de teto para o meu carro. Afinal, de que adianta comprar um caiaque se não tiver como carregá-lo por aí?
Pois bem, aqui já começaram os problemas. Tentei achar na minha cidade um rack decente para o carro que uso para pescar (um GM/Celta 2013), mas não consegui. Os que encontrei não eram muito bons, além de caros. Na concessionária GM nem tinha, parece que eles não vendem mais racks para Celta.
Parti então para a internet e achei duas opções viáveis: os modelos de ventosa e os esportivos das marcas Eqmax e Long Life, fixados na boda do teto.
Os modelos de ventosa são legais e muito práticos, mas eu acabei descartando. Apesar de não ter visto nenhum relato de que o negócio desgrudou durante o uso (pelo contrário, o pessoal que usa costuma elogiar), nunca vi um sistema de ventosas que funcionasse 100%. Além disso, os próprios vendedores recomendam o uso de um rack de fita junto, passando por dentro da porta, para garantir a segurança, o que pode gerar problemas de infiltração.
Restaram os racks fixados na borda do teto, que não furam a lataria e podem ser removidos. O “senão” aqui é a possibilidade de danos na pintura do carro nos pontos de fixação do rack, apesar de possuírem revestimento de proteção emborrachado.

Acabei optando por esse último tipo e comprei o modelo Sports da marca Long Life. Deve chegar nos próximos dias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário