sábado, 19 de dezembro de 2015

TOP 5 - MELHORES ISCAS (DE FLY) PARA PESQUEIRO

Estamos no verão, pesca fechada por causa da piracema, muitas chuvas (ainda bem), rios cheios e barrentos. Nessa época, a maioria de nós pescadores não tem outra opção além de apelar para os pesqueiros. Segue então minha listinha das cinco melhores iscas (moscas) para os pesqueiros:
1 - Imitações de ração. Na relação diversão X eficiência, são certamente as mais eficientes e menos divertidas. Só recorro a elas quando nada mais funciona, normalmente quando há muita pressão de pesca. Acho as de EVA as mais "pegadeiras", mas as de deer hair duram mais, principalmente com as matrinxãs. Tem também a lã ball, que afunda e dá muito resultado em algumas ocasiões, quando o peixe está ativo mas não quer subir para comer na flor d’água.   
2 - Woolly buggers. As mais equilibradas na relação diversão X eficiência. Pegam praticamente de tudo, pacu, matrinxã, tucunaré, catfish, dourado. Costumo atá-las em anzóis de haste longa, de #6 a #10, com bead head e cauda do mesmo tamanho da haste.
nymph
3 - Ninfas. Também muito produtivas, pegam o ano todo. Maiores (anzóis # 8 a 10) para matrinxãs, pacus – menores (anzóis # 12 a 14) para as tilápias. Gosto da prince, montana e derivadas. Para as matrinxãs, é interessante colocar umas perninhas de borracha.
4 - Terrestrials. Também conhecida como grilo de EVA. Acho a isca mais divertida de todas, mas a produtividade depende de uma série de fatores. Normalmente funcionam bem em dias quentes, com pesqueiro bem vazio, sem barulho e sem muita ração na água. O principal alvo no pesqueiro é a matrinxã e cada ataque na superfície é uma alegria. Às vezes, fico feliz só com as ações, mesmo sem pegar nenhum peixe. Já passei algumas receitas (aqui e aqui)
5 - Streamers. Para mim, das cinco iscas, são as que menos funcionam em pesqueiro (ou eu é que insisto pouco com elas). Legais para matrinxãs, traíras, tucunarés, dourados, e, eventualmente, pacus. Para os tucunas, use streamers pequenos, arremessando rente à margem, passando várias vezes no mesmo ponto. Tem que insistir (já falei disso aqui)

3 comentários:

  1. Bom dia!
    Primeiramente quero lhe parabenizar pelo blog, realmente show!
    Sou um iniciante no Fly e o considero referência nessa modalidade.
    O fato é que estive num pesqueiro ontem, dia 27/08 domingo, e aproveitei para testar o equipo de fly.
    Foi meu primeiro contato, meio desengonçado, até que saiu pelo menos o roll cast, mas peixe que é bom nada.
    Foi decepcionante rs
    Talvez não fosse o meu dia, usei terrestrials (aranha de EVA), ninfa (acho que seca pq não afundava), imitação de ração que eu mesmo fiz com rolha e até um pequeno streamer (eu acho, mas o nome correto é mangrove, imitação de manjubinha) que infelizmente perdi no enrosco.
    Por aqui não tem ninguém que pesque de fly que possa tirar dúvidas, por isso meu contato.
    Li praticamente todo seu blog e é notável a experiência que adquiriu, principalmente em pesqueiros.
    Então gostaria se possível de algumas dicas.
    O que poderia ter ocorrido? Presumo que a pressão de pesca tenha afetado, pois tinham muitos pescadores que por sinal pegaram muitos peixes, principalmente tilápias.
    Qual o tipo de recolhimento?
    Ou simplesmente arremesso e espero a mosca afundar?
    Imitação de ração (no caso rolha) deve ser arremessada com ceva? Qual a ceva utilizada, ração usada no pesqueiro ou simplesmente massa?
    E por fim (pode parecer idiota, mas não encontrei nada a respeito) como tirar a linha da vara? Vou explicar:
    No bait geralmente o peso da isca faz a linha descer pelos passadores, mesmo com os nós do líder, mas e no fly, deve-se tirar o líder com a mão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blza?
      Cara, em primeiro lugar, essa época não é muito boa para usar iscas artificiais no pesqueiro, porque os peixes ainda não estão muito ativos. Pesqueiro cheio também é problemático, pelo barulho, pela pressão de pesca e pela ração na água. Se tem muita gente jogando ração, dificilmente o peixe vai se interessar por outra coisa.
      Começa a ficar bom para pescar com streamers, ninfas e terrestrials na primavera, quando as chuvas começarem para valer.
      Se puder, tente também ir em dia da semana, vai ver que a coisa é bem diferente.
      Quanto à imitação de ração, se os peixes estiverem muito ativos, não precisa jogar ceva. Se eles estiverem meio devagar, manda ceva neles, porque não vai conseguir pescar de outro jeito mesmo.
      Stramers vc pode trabalhar rápido ou de forma mais lenta, vai depender muito da isca, pois, se ela for lastreada e vc recolher muito devagar, ela pode enroscar no fundo. Ninfas já costumo usar mais trabalho lento, perto das margens, sempre dá bons resultados. Terrestrials costumo arremessar e dar pequenos toques, pequenos mesmo, só para mexerem as perninhas de borracha.
      Mas para ser sincero, tenho ido cada vez menos em pesqueiro, não tenho mais paciência com aquele monte de gente, kkkk. Tenho preferido explorar os rios da minha região, mesmo que a pesca não seja tão produtiva.
      Para melhorar o arremesso, sugiro que vc procure algum gramado e treine nele, prestando atenção no que está fazendo, sem se preocupar com peixe. Quando seu arremesso estivar ok, vai no pesqueiro colocar o negócio em prática.
      Espero ter ajudado um pouco.
      Abs.

      Excluir
    2. Ajudou demais!
      Poxa cara, não para não, lembre-se que tem gente se inspirando em você.

      Excluir