terça-feira, 16 de agosto de 2011

TREINANDO FLY: SHIT HAPPENS


Hoje foi dia de treino, saí de casa cedinho para o campo onde costumo praticar com o equipamento de fly.
Tava uma ventania horrível, desde a hora em que cheguei, mesmo assim foi proveitoso, consegui evoluir um pouco, praticando bastante o false cast sem a neura de atingir distância.
Comecei a perceber certas coisas, como não colocar muita força nos arremessos, deixando a vara carregar certinho e fazer o trabalho por mim, com suavidade...
Por conta do vento, resolvi encerrar mais cedo. Abri a porta do carro e encostei a vara, e, quando me distraí por um segundo para desconectar o líder, uma rajada forte de vento fez bater a porta do carro com força, em cima da vara...
Só ouvi o crack, quebrou bem no meio do segundo gomo, doeu em mim, juro. Não vou mentir, fiquei arrasado...
A essas alturas, gastar mais trezentos contos numa vara nova não é opção, achei que era o fim da brincadeira, justo quando achei que estava pegando o jeito...
Chegando em casa, mandei um e-mail para o Thiago da Fly Shop Brasil. Ele respondeu pedindo para mandar o caniço para ele, do jeito que estava, disse que ia tentar resolver na garantia junto ao fabricante (Redington).
Se não der na garantia, acho que ainda posso comprar só o segmento quebrado, isso se compensar.
De qualquer forma, não vou poder praticar por um bom tempo, no mínimo.
Vamos ver o que acontece.

2 comentários:

  1. Este maridinho mandou um torpedo tão doído e revoltado logo cedo por conta deste acontecido e nem me esclareceu que tinha sido um acidente.
    Pior, continua arrasado...
    O que fazer, senão, oferecer colo e apoiar a idéia de comprar uma vara novinha tão logo seja possível? Será que vou me arrepender?
    Espero e acredito que não. Se tem uma coisa que faz esse marido sorrir são as coisas relacionadas a pesca. Quero vê-lo feliz!
    Então, bola pra frente maridinho querido, logo, logo vc volta para os treinos com sua vara consertada e/ou com sua vara nova! Bj

    ResponderExcluir