quinta-feira, 4 de abril de 2013



Minha filhinha acabou de nascer. Isso significa duas coisas: primeiro, sou o mais novo pai-babão-coruja no pedaço. Segundo, nada de pescaria para mim por um looongo período.
Na verdade, não tenho a menor idéia de quando poderei voltar a pescar de novo. Daqui a seis meses? Um ano? Dez anos?
Sei que terei crises de abstinência logo logo. Mas tudo bem, é por um bom motivo.
Quero ver se, nesse meio tempo, pelo menos consigo atar um pouquinho ali, treinar um arremessozinho acolá, sabe como é, só para manter a sanidade...

Nenhum comentário:

Postar um comentário